Hamsters: Hibernação e Torpor

hamster preto escondido dentro de um gorro amarelo torrado
20 Agosto 2020 Pets4Company

Sabia que o seu hamster pode hibernar? Conheça as causas e os riscos da hibernação nos hamsters!

A hibernação e o torpor nos hamsters são dois processos naturais pouco compreendidos pela generalidade dos donos e capazes de provocar até alguns momentos de aflição!

Em primeiro lugar é importante distinguir estes dois processos. Entendemos por torpor a capacidade de entrar em hibernação temporária. É um processo de curta duração cujo objetivo é permitir ao hamster preservar os seus recursos internos e sobreviver em épocas em que o clima é muito frio ou quando há escassez de alimento. O torpor pode durar de algumas horas a alguns dias, e muitas vezes acontece sem que o dono perceba.

Durante esse tempo, seus corpos requerem significativamente menos energia.

São vários os processos biológicos ocorrem durante o torpor em hamsters:
  • O metabolismo do hamster diminui significativamente.
  • O hamster respira menos e produz menos batimentos cardíacos.
  • A temperatura corporal cai.

Se as condições não melhorarem, aí o hamster poderá entrar em hibernação completa o que, no caso dos hamsters não é um estado desejável.

ATENÇÃO: Se não for detetado a tempo este processo pode também levar à hipotermia e mesmo à morte.

hamster sirio branco e bege a comer brocolos

Que sinais devo procurar para ter certeza de que meu hamster ainda está vivo?

Como o estado de torpor imita a morte, muitos donos de hamsters já pensaram erradamente que o seu animal de estimação havia morrido quando, na verdade, ele estava apenas em estado de torpor. Pode ser difícil detetar sinais de vida quando eles estão nesse estado.

Aqui estão alguns sinais de que você deve estar atento antes de “confirmar” que seu hamster está morto:
      • Respiração superficial. Um hamster pode respirar apenas algumas vezes por hora, visto que a respiração diminui durante a hibernação. Poderá colocar um pequeno espelho ou colher na frente do nariz para ver se embaça. Se isso acontecer, mesmo que pouco, é sinal de que o hamster ainda respira.
      • Hamsters não se movem muito durante a hibernação, mas podem ocorrer alguns movimentos subtis como espasmos dos bigodes ou movimentos leves do corpo. Pode tentar acariciar o seu hamster para ver se provoca algum tipo de resposta física.

      • Olhe para seus os seus membros. Eles estão moles ou apenas um pouco rígidos? Se puder estender os seus membros sem nenhum esforço é provável que seu hamster esteja hibernando e não esteja morto. Se os membros não podem ser dobrados ou estendidos, ou se requer um esforço significativo para fazê-lo por causa da rigidez severa, isso indica que o pior aconteceu e que o seu animal está em rigor mortis.
      • Olhe para os seus olhos. Embora pareça impossível, os hamsters podem estar em estado de torpor com os olhos bem abertos, meio abertos ou parcialmente abertos O olhar vago e vazio de um hamster em torpor certamente parece alarmante, mas não é necessariamente uma indicação de morte.

hamster russo sentado a comer um biscoito

Que comportamentos indicam que o seu hamster está prestes a hibernar?

Alguns comportamentos do seu hamster podem ser indicativos da sua intenção de entrar em hibernação ou, mais precisamente, em estado de torpor. Estes comportamentos podem surgir repentinamente, pois pode levar apenas algumas horas de temperaturas frias, combinadas com a falta de comida e água, para provocar a hibernação. O sintoma mais revelador de que o seu animal de estimação está prestes a entrar em hibernação é quando este se esconde no ninho. O hamster pode cavar mais profundamente ou tornar o ninho maior e mais confortável ou num local mais abrigado da sua gaiola para se precaver durante a hibernação. É também possível que veja o seu hamster tremer momentos antes de entrar em torpor.

Como posso evitar que o meu hamster entre em torpor?

      • Regulando a temperatura – os hamsters são animais originários de zonas áridas e desérticas. Por este motivo a temperatura não deverá ser inferior a 15ºC, sendo que algumas espécies podem entrar em torpor a temperaturas mais elevadas ou mais baixas dependendo das características de cada espécie.
      • Comida e água sempre à disposição - estudos comprovam que a escassez de comida e água fará com que os hamsters entrem em hibernação. Os mesmos estudos mostram que os hamster que foram capazes de armazenar grandes quantidades de comida em ninhos e esconderijos não entraram tão facilmente em torpor como os demais que não o conseguiram fazer.

hamster sirio branco e bege

O meu hamster está em torpor. E agora?

Aqueça-o! Ao descobrir o seu hamster neste estado verá que o seu corpo se encontra mais frio do que o normal. O mais importante será aquecer o hamster de forma gradual. É recomendável ligar um aquecedor na divisão em que este se encontra sem chegar o hamster demasiado perto da fonte de calor. Também poderá segurar o hamster nas mãos ou junto ao peito, utilizando o seu calor corporal para o acordar lentamente. Aproveite este momento para massaja-lo suavemente e ajudar a restabelecer a circulação sanguínea.

Proporcione comida e água. Ao sair do torpor o seu hamster pode estar com muita fome. A maioria dos hamsters domésticos não tem reservas de gordura adequadas para hibernar uma vez que não tiveram tempo para se preparar. Forneça pequenas porções de comida no início para evitar que comam em excesso. A desidratação é outra preocupação que os donos de hamsters em hibernação devem ter em conta. Quando o seu hamster tiver acabado de sair do torpor, introduza a água lentamente e em pequenas quantidades, com um conta-gotas ou seringa, para se certificar de que consegue beber com segurança.

Consulte um Veterinário! Tudo isso pode ser feito antes de levar o seu hamster ao veterinário, embora o veterinário possa fornecer água e alimentos adicionais para garantir que o seu hamster estará saudável após a hibernação. Um profissional poderá também detetar outros problemas tais como hipotermia. Mesmo que o seu hamster pareça bem acordado e alerta depois de sair desse estado é aconselhável que o leve para um check-up. Após essa provação o seu hamster provavelmente estará um pouco stressado. Depois de voltar do veterinário, certifique-se de que ele tem comida e água e deixe em paz. Evite limpar sua gaiola e manipular excessivamente até que tudo esteja de volta à normalidade.

hamster russo sendo alimentado com uma colher

Nota Final!
Tudo isto sugere que algo pode não estar bem no habitat do seu hamster e que está na hora de dar uma revisada a todo o set-up e ambiente. Claro que, por vezes, ocorrem situações que fogem ao nosso controlo tais como variações extremas de temperatura sem aviso ou mesmo alterações no metabolismo do seu hamster (derivados de idade ou problemas de saúde). No final o mais importante é a saúde dos nossos pequenos!